Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/gazeta/gazetanossa.com.br/index.php:1) in /home/gazeta/gazetanossa.com.br/libraries/joomla/session/session.php on line 532

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/gazeta/gazetanossa.com.br/index.php:1) in /home/gazeta/gazetanossa.com.br/libraries/joomla/session/session.php on line 532

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/gazeta/gazetanossa.com.br/index.php:1) in /home/gazeta/gazetanossa.com.br/plugins/system/jat3/jat3/core/parameter.php on line 107
Jaboatão

.

.

Jaboatao

Liberada verba federal para recuperação da Avenida Canal, em Jaboatão

Avenida Canal.
Canal Olho D’Água, na Lagoa, será alargado dentro do projeto de revitalização da área

A Avenida Canal, em Jaboatão, depois de seis anos abandonada, deve ser reformada em grande estilo. Também conhecida como Avenida Governador Miguel Arraes e tendo como nome oficial Avenida José de Souza Rodovalho, a via é um caminho direto de Prazeres, Piedade e arredores até a Lagoa Olho D’Água, porém sem via de acesso nas margens da Lagoa, quando termina a avenida e o próprio canal de Setúbal, um dos que alimentam a Lagoa. Agora foram liberados pelo Ministério das Cidades do Governo Federal R$ 18 milhões para a pavimentação e drenagem das duas mãos da referida avenida, iniciando na Barreto de Menezes até as proximidades da Lagoa. O projeto contempla também uma ciclovia em uma das margens.
A parcela de verba, liberada por meio do Programa Saneamento Para Todos para o projeto de revitalização da Lagoa Olho D’Água, soma R$ 31 milhões, sendo que o restante milhões será utilizado para alargar o Canal Olho D’Água, situado no outro extremo da lagoa, com 1,7 km de extensão, com o objetivo aumentar a vazão para as águas que vão da Lagoa para o Rio Jaboatão.
Por enquanto, ainda não se fala no desassoreamento da Lagoa, considerado de fundamental importância para evitar alagamentos. Até porque, existe a probabilidade de, em maré cheia, o canal, mesmo alargado e aprofundado, não resolva a questão dos alagamentos.

Trajeto a ser recuperado. Mas ainda vai faltar o acesso à Lagoa.
A Secretaria das Cidades, por meio da Cehab, ainda vai iniciar o processo de licitação para as duas obras. Após licitado, o prazo para o inícioé de 90 dias. No total, as duas intervenções tem a estimativa de serem concluídas em 18 meses.
Histórico: Alimentada por dois braços de canal - Jordão, que já foi um rio, e Setúbal, a lagoa é a única formação de restinga urbana de Pernambuco. É considerada também a maior lagoa no perímetro urbano do Brasil, sendo quase três vezes maior que a Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro.
Segundo a Secretaria das Cidades do governo de Pernambuco, a liberação foi feita após a conclusão Com a conclusão do Plano Diretor da Lagoa, contratado pela Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), realizado pelas empresas Diagonal e Projetec, em parceria com a Prefeitura de Jaboatão.
Revitalização da Lagoa Olho D’Água – A Lagoa é um dos maiores tesouros ecológicos e turísticos de Jaboatão dos Guararapes, mas a área sempre foi relegada ao esquecimento. Aos poucos, foi sendo invadida por sub-habitações, sem infaestrutura, virando local de depósito ilegal de lixo. Existe projeto de revitalização desde o governo Rodovalho, mas sempre se arrastaram na luta por verbas, contra a burocracia e na dependência de liberações por órgãos ambientais, com paralisações devida à ações do Ministério Público.
No governo Eduardo Campos centenas de famílias foram realojadas em residencial localizado em Cajueiro Seco, mas a morosidade do projeto e a falta de fiscalização deixou que a área fosse novamente ocupada. Agora, estima-se que pelo menos novas 100 casas devam ser desapropriadas, e o número de novas invasões é incerto e não sabido.
O plano original de revitalização da Lagoa inclui-se num macro-projeto que, se um dia for implantado em sua totalidade, revalorizará áreas hoje à margem de qualquer traço de desenvolvimento humano. Do macro projeto faz parte a construção do binário de Cajueiro Seco, lançado também no governo Eduardo e paralisado não se sabe por quais motivos. A construção de um novo acesso ligando a Ponte do Paiva à antiga BR 101, em Pontezinha (ou o alargamento da Estrada de Curcurana) também está esquecido. A construção de vias em todo o entorno da Lagoa, chamado de Via Metropolitana Sul é outro projeto que, quando realizado, tornará a área supervalorizada, tal qual aconteceu com a Lagoa do Araçá, na Imbiribeira, no Recife.
Mas antes é preciso outra obra corajosa e dispendiosa: fazer o saneamento no local e no entorno, um desafio que, em tempos de vacas magras como hoje em dia, ninguém vai querer nem poder encarar.
Portanto a revitalização total da Lagoa Olho D’Água deve esperar mais dez ou vinte anos, no mínimo.

Add a comment (0)

IV Prêmio Solano Trindade de Literatura Afro-Brasileira será no Cine Teatro Samuel Campelo

O IV Prêmio Solano Trindade de Literatura Afro-Brasileira já tem data marcada: Será dias 20 e 21 de dezembro, no Cineteatro Samuel Campelo, em Jaboatão Centro, a ser reaberto, segundo a Prefeitura de Jaboatão, ainda este ano. As inscrições vão até o dia 5 de dezembro, e devem ser feitas na Secretaria Executiva de Cultura e Patrimônio Histórico de Jaboatão, na Rua Antonio Ferreira Campos, 4787, Candeias, ou através do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . As inscrições são gratuitas, devendo o participante entregar no ato um poema feito individualmente, inédito e da autoria do candidato, sobre o tema proposto. Os 20 finalistas deverão recitá-los em performances de até 5 minutos, nos dias 20 e 21 de dezembro, às 18 horas. Os três primeiros colocados receberão prêmios de R$ 3 mil (1º lugar), R$ 2,5 mil (2º) e R$ 2 mil (3º). Além disso, todos os participantes receberão um certificado de participação.
Para a performance será disponibilizado ao participante palco, som, microfone e iluminação.
Quem foi Solano Trindade – Solano Trindade (Recife, 24 de julho de 1908 — Rio de Janeiro, 19 de fevereiro de 1974) foi um poeta brasileiro, folclorista, pintor, ator, teatrólogo e cineasta. Filho do sapateiro Manuel Abílio Trindade, foi operário, comerciário e colaborou na imprensa. No ano de 1934 idealizou o I Congresso Afro-Brasileiro no Recife, Pernambuco, e participou em 1936 do II Congresso Afro-Brasileiro em Salvador, Bahia. Mudou-se para o Rio de Janeiro, nos anos 1940 e logo depois para a São Paulo, onde passou a maior parte de sua vida no convívio de artistas e intelectuais. Participou de um grupo de artistas plásticos com Sakai de Embu onde integrou na produção artística a cultura negra e tradições afro-descendentes. O poeta foi homenageado com o nome em uma escola e uma rua na região central do município.
Trabalhou no filme A Hora e a Vez de Augusto Matraga de Roberto Santos, e teve três livros publicados: Poemas de Uma Vida Simples (1944), Cantares ao Meu Povo (1963) e Poemas Antologicos.

Add a comment (0)

Dia da Consciência Negra em Cajueiro Seco, Jaboatão


Em 20 de novembro é celebrado no Brasil o Dia Nacional da Consciência Negra. A data tem como referencia a morte do líder Zumbi dos Palmares, assassinado em 20 de novembro de 1695, na Serra da Barriga, atual Estado de Alagoas. Zumbi é o símbolo da resistência negra no Brasil. Lutou contra a escravidão e pela liberdade da religião e da cultura africana no Brasil.
Nesta sexta feira, 21, das 14h às 23h, no terminal de ônibus de Cajueiro Seco, próximo ao CRAS, acontecerá o evento em comemoração ao dia Nacional da Consciência Negra no Brasil. Esse ano a coordenação escolheu como tema, “A tolerância religiosa e a valorização da juventude negra”.  Na programação, o evento contará com shows, oficinas de dança, de maquiagem afro, oficinas de Hiphop, de grafitagem, encontro de batuqueiros, exposições da cultura afro entre outras.
No encerramento, à noite, no palco, haverá apresentações de grupos, bandas, cerimonia religiosa e um grande cortejo para celebrar esse dia de resistência. Esse ano o evento fará homenagem a Reverendo Jadson, Babalorixá Pai Antonio, Professor Eduardo Regis, Poeta Miró e Profere, Professora Neide Silveira e Vandi, do movimento Hiphop, cidadãos que lutam para manter viva a tradução de resistência e conquistas das diversas organizações dos negros no Brasil. (Dênnys D`Lima)

Add a comment (0)

banner1

Você está aqui: Home CIDADES Jaboatão