Chuvas intensas no Litoral Sul de Pernambuco

Apac prevê mais chuvas no fim de semana e INMET emite Alerta Laranja

Em Barreiros água entrou nas casas. Foto: SIM Notícias

As últimas 48 horas (dias 24 e 25) foram de muita chuva em todo Litoral Sul e Zona da Mata Sul de Pernambuco. Com o enchimento total dos rios Una e Carimã, Barreiros viveu horas de apreensão, tendo sido suspendidas as aulas na zona rural do município.
Ontem, dia 25, o Instituto Nacional de Meteorologia emitiu Alerta Laranja para Pernambuco e Alagoas, pelo acumulado de chuvas, o que significa possibilidade de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios.

Em Tamandaré, distrito de Santo André ficou alagado. Foto: Giro Litoral

Praça Padre Cícero alagada. Foto: Giro Litoral

A zona rural de Tamandaré, principalmente no distrito de Santo André, foi muito afetada, com a água entrando em residências e a rua se assemelhando a um rio.
De acordo com a APAC, os locais onde mais choveu foi Porto de Galinhas, em Ipojuca, RMR, com 130 mm, e Barreiros, no Litoral Sul, com 123mm. Em Ipojuca uma barreira deslizou em Rurópolis, mas sem vítimas.
São previstas mais chuvas para todo o litoral de Pernambuco.

Tamandaré sediará Cia Independente da Polícia Militar

Reivindicação de prefeitos do Litoral Sul foi atendida pelo governador Paulo Câmara

Políticos e líderes religiosos comemoram a conquista. Foto: Wellington Ribeiro

Wellington Ribeiro – Atendendo a um pedido das principais lideranças políticas dos municípios de Tamandaré, Sirinhaém, Rio Formoso, Barreiros e São José da Coroa Grande, o governador Paulo Câmara assinou Projeto de Lei para a criação da Companhia Independente da Polícia Militar. A nova unidade foi anunciada durante a quarta rodada do Pernambuco em Ação, realizada em Palmares dia 13. Também será construído um Complexo de Polícia Científica de Palmares.
A criação da 10ª Companhia Independente da Polícia Militar, subordinada ao 10o Batalhão da Polícia Militar, sediado em Palmares, vai otimizar o trabalho da segurança pública nos municípios do Litoral Sul, que reúnem cerca de 154 mil habitantes, mas chega a triplicar esse número durante o verão, com a procura intensa pelas praias da região. “Nós temos a consciência de que a questão da segurança precisa ser uma prioridade e nós estamos trabalhando comprometidos em mudar essa situação. O Plano de Segurança já está sendo posto em prática. Já anunciamos diversas ações que vão beneficiar todo o Estado”, afirmou o governador.

Governador fez o anúncio em Palmares. Fotos: Wellington Ribeiro

Com a chegada da 10ª CIPM, haverá um leque maior de combate ao crime, reforçando também a capacidade de geração de emprego e renda das cidades. O efetivo pode chegar a 350 homens – a depender das conclusões de estudos –, parte deles virá da turma de alunos em treinamento no Curso de Habilitação de Praças.
Entre os objetivos da nova unidade estão: o aumento do efetivo à disposição do Litoral Sul; combate a Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) e Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs); ampliação da parceria da PM com a sociedade civil, através das ações preventivas, repressivas e de infraestrutura; intensificação das parcerias com as Guardas Municipais, empresas e comércio da região.

Cadastro no Chapéu de Palha Mata Sul será de 22 a 26 de maio

Foto: Douglas Fagner/Divulgação

O cadastro do programa Chapéu de Palha para os trabalhadores e trabalhadoras da palha da cana começou dia 08 de maio. Essa modalidade do programa é voltada para os municípios da Zona da Mata de Pernambuco. O cadastramento na Mata Norte ocorre de 8 a 12 de maio e, na Mata Sul, de 22 a 26 deste mês. O interessado que quiser saber sobre os locais de cadastro ou tirar qualquer outra dúvida pode ligar grátis para o número 0800.282.5158.
Para ser beneficiário do Chapéu de Palha, o trabalhador ou trabalhadora da zona canavieira precisa ter mais de 18 anos e ter trabalhado na última safra por pelo menos trinta dias seguidos, além de morar em um dos municípios beneficiados da Zona da Mata do Estado. Também pode se inscrever quem foi dispensado de 1º de Janeiro a 20 de abril de 2017 (função exclusiva de trabalhador rural).
Os interessados precisam comparecer a um dos pontos de cadastro com a seguinte documentação: originais e cópia da carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, rescisão do contrato de trabalho, comprovante de residência ou declaração do sindicato de comprovação de residência e o cartão cidadão ou o cartão do programa Bolsa Família (número do NIS ou PIS).
O Chapéu de Palha é coordenado pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e este é o 11º ano consecutivo do programa, desde que foi reeditado pelo Governo do Estado em 2007. Durante o período da entressafra da cana, os trabalhadores inscritos no Chapéu de Palha recebem um auxílio financeiro complementar ao programa federal Bolsa Família de até R$ 256,42.
Márcio Stefanni, secretário de Planejamento e Gestão, ressalta o esforço do Governo do Estado em manter o programa mesmo em um período de restrição fiscal. “O Chapéu de Palha é uma prioridade e o governo de Paulo Câmara vem tratando este programa como essencial para os trabalhadores pernambucanos, sejam da palha da cana, da pesca artesanal ou da fruticultura irrigada. Só nos dois primeiros anos do atual mandato o Chapéu de Palha beneficiou quase 100 mil pessoas”, afirma o secretário.
A edição 2017 do Chapéu de Palha encerrou o cadastramento para os beneficiários da modalidade da Pesca Artesanal no último dia 27 de abril e, em janeiro, realizou a inscrição de mais de 9 mil pessoas na fruticultura irrigada. Estes últimos já estão recebendo a bolsa. Com o cadastramento da cana, o Chapéu de Palha encerra a fase de inscrições desta edição do programa.

Proibido Paredão de som no Carnaval de Barreiros

Paredão e som alto proibidos (foto internet-meramente ilustrativa)

Grande eventos terminarão à meia-noite e Prefeitura terá de usar seguranças particulares nos eventos públicos.
A Prefeitura de Barreiros e o Ministério Público de Pernambuco assinaram hoje, 16 de fevereiro, Termo de Ajustamento de Conduta sobre a realização do Carnaval no município. o TAC tem, entre outros objetivos, o de garantir a segurança dos foliões e também é assinado pr representantes da Polícia militar de Pernambuco.
No TAC ficam expressas algumas recomendações e proibições para o período de 19 a 28 de fevreiro, dias em que serão realizadas as festas momescas em Barreiros. Entre as determinações, a de que os grandes eventos sejam noturnos (a partir das 16 e 17 horas) e que devem acabar à meia-noite.
Outra proibição expressa é a de que sejam vendidas bebidas em recipientes de vidro, tanto nas barracas como por ambulantes. A proibição não se estende a bares e restaurantes, mas presume-se o bom senso dos comerciantes para que não deixem este tipo de recipiente sair do ambiente fechado.
Outra medida importante é a proibição de “paredões de som” e similares, em qualquer horário do período, muito comum nesta época do ano, com exceção, claro, dos trios elétricos utilizados pelos blocos e do som montado nos palcos fixos. Além disso, a Polícia Militar vai coibir a utilização de som alto tanto em veículos particulares como em estabelecimentos comerciais.
Em uma cláusula inovadora, o Ministério Público exige que a Prefeitura tenha dois seguranças particulares em cada acesso ao polo de Carnaval, que deve ser isolado.
Por fim, entre outras recomendações, o TAC obriga a Prefeitura a orientar as bandas contratadas pelo município a não executar músicas com letras ou coreografias que façam apologia à violência ou que tenham conteúdo sexual explícito.
O mesmo Termo de Ajustamento de Conduta está sendo feito com outras prefeituras em todo Pernambuco.